Metaverso: Facebook pode fechar parceria com Tencent

Facebook e Tencent estão em negociações para uma parceria que pode envolver a venda dos fones de ouvido de realidade virtual da Meta Quest na China.

Conteúdo

As conversas tiveram início no ano passado e continuaram nos últimos meses, mas as fontes citadas afirmaram que os detalhes ainda precisam ser acertados.

Além da venda dos fones de ouvido, a exclusividade pode envolver outras parcerias para o desenvolvimento de aplicações relacionadas ao metaverso e web3, setores que têm sido foco também da Tencent.

Ainda segundo a Reuters, a Meta e a Tencent não chegaram a um acordo sobre como lidar com os dados do usuário e se as condições macroeconômicas globais são adequadas para as duas partes formarem uma parceria.

Recentemente, a Tencent anunciou sua entrada e suporte para aplicações de web3 via Tencent Cloud e revelou o roteiro de desenvolvimento de um conjunto completo de serviços de API de blockchain e o metaverse-in-a-Box.

A Tencent vê um futuro com a web3 e a “Convergência Imersiva”, onde as economias física e digital se encontram e se integram. No entanto, se a Tencent e a Meta formarem uma parceria, elas podem enfrentar regulamentações rígidas sobre jogos na China.

Facebook não larga o osso do metaverso

A Meta, antigo Facebook, não quer largar o osso dos seus projetos no metaverso.

No início do mês, por exemplo, a empresa deu um passo importante em sua jornada para expandir seu portfólio de produtos e serviços após a negação de uma liminar da Comissão Federal de Negociação (FTC) pelo Tribunal do Distrito Norte da Califórnia. Com a decisão, a Meta ficou livre para continuar avançando em sua aquisição da empresa de realidade virtual, Within.

A FTC havia movido um processo contra a Meta e seu CEO, Mark Zuckerberg, tentando impedir a aquisição da Within, especializada em tecnologia de realidade virtual. No entanto, a decisão do juiz Davila permitirá que a Meta adquira a empresa e inclua-a em seu portfólio.

A decisão pode ter implicações importantes para o futuro da tecnologia de realidade virtual, uma vez que a Meta poderá adquirir outras pequenas empresas e fazê-las operar sob seu guarda-chuva, ao invés de competir com elas. Esta é uma oportunidade para a Meta consolidar sua posição como líder no setor de tecnologia de realidade virtual.

Agora, com a parceria com a Tencent, a empresa de Zuckerberg pode avançar rumo a um dos maiores mercados do mundo e fazer crescer ainda mais seus lucros.

Comentários

Regras de uso dos comentários:

  • Comentários de novos usuários serão liberados apenas manualmente em até 24 horas.
  • Usuários já registrados, poderão enviar comentários automaticamente.
  • Não é permitido ofensas, racismo, palavrões ou qualquer tipo de conduta imprópria.
  • Não é permitido envio de links externos.
Seguir
Me notifique quando
guest
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários