NFTs de Bitcoin vendido por R$ 1 mi, o mais caro até então

NFT na blockchain do Bitcoin é vendido por R$ 1 milhão e bate recorde de NFT mais cara até o momento.
CryptoPunks

Conteúdo

Os tokens não fungíveis (NFTs) do Bitcoin estão causando polêmica e movimentando o mercado de criptomoedas. Muitas pessoas estão criando coleções inéditas de NFTs baseadas no Bitcoin, e faturando grandes somas de dinheiro com isso.

A coleção Ordinal Punks, por exemplo, é uma versão bitcoiner dos famosos CryptoPunks e tem chamado a atenção pelas vendas milionárias. Em uma transação recente, o NFT Ordinal Punk #94 foi vendido por 9,5 BTC, o equivalente a cerca de R$ 1 milhão na cotação atual.

Este é o maior valor já pago por um NFT do Bitcoin até o momento, e demonstra a forte demanda por tokens não fungíveis baseados em criptomoedas. Enquanto muitos ainda questionam a legitimidade deste tipo de ativo, as vendas milionárias de NFTs do Bitcoin sugerem que eles estão se estabelecendo como uma forma valiosa de propriedade e investimento em bens digitais.

Ordinals habilita NFTs do Bitcoin

Embora haja algumas vantagens aparentes em torno da adoção de NFTs do Bitcoin, o surgimento desta nova funcionalidade despertou um velho debate sobre a verdadeira função da rede e o que constitui um ataque contra o ecossistema do Bitcoin. Já existem dois grupos neste debate público: aqueles que apoiam esta nova face do Bitcoin e aqueles que acreditam que se trata de um ataque de spam que deve ser evitado e até censurado.

O projeto, chamado de Ordinals, lançado há pouco tempo, permitiu que qualquer pessoa crie NFTs do Bitcoin como parte de sua funcionalidade. Esta oportunidade foi aberta de forma indireta pela atualização do Taproot que a rede sofreu em novembro, que estendeu o comprimento das transações do Bitcoin para quase todo o tamanho de um bloco.

Isso foi fundamental para o que está acontecendo agora. Antes do Taproot, as transações só poderiam ter 80 bytes de tamanho, limitando a usabilidade do que era armazenado no espaço do bloco. Agora, os NFTs do Bitcoin estão sendo salvos diretamente na cadeia, possibilitando os benefícios da portabilidade, durabilidade e descentralização que caracterizam o Bitcoin.

Isso pode apresentar benefícios únicos para criadores de conteúdo e usuários, já que cada peça de conteúdo armazenada na blockchain via Ordinals terá que ser sincronizada por cada nó por aí, dando-lhes a longevidade da própria blockchain. A maioria dos projetos NFT que aproveitam outras cadeias, incluindo o Ethereum, apenas armazena ponteiros para as informações, que não residem diretamente na blockchain.

Com argumentos a favor e contra, o fato é que os NFTs estão crescendo na blockchain. De acordo com dados da Mempool, reportados pelo portal Cripto Fácil, esses arquivos já correspondem a 48% de todas as transações nos blocos do BTC. Graças ao Ordinals, os NFTs seguem em plena expansão na maior blockchain do mundo.

Comentários

Regras de uso dos comentários:

  • Comentários de novos usuários serão liberados apenas manualmente em até 24 horas.
  • Usuários já registrados, poderão enviar comentários automaticamente.
  • Não é permitido ofensas, racismo, palavrões ou qualquer tipo de conduta imprópria.
  • Não é permitido envio de links externos.
Seguir
Me notifique quando
guest
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários