Novo presidência do Banco Mundial é crítico das criptomoedas

Biden nomeia novo presidente do Banco Mundial, crítico das criptomoedas e que já chamou o Bitcoin de "lixo".

Conteúdo

Ajay Banga é o nome escolhido por Joe Biden para liderar o Banco Mundial a partir de maio, sucedendo David Malpass.

A decisão do presidente dos Estados Unidos, no entanto, pode gerar controvérsia, já que Banga tem um histórico de críticas à indústria de criptomoedas.

Banga é atualmente vice-presidente da empresa de ações de crescimento General Atlantic e foi anteriormente o CEO da Mastercard. Em comunicado, Biden afirmou que o executivo está “equipado de forma única para liderar o Banco Mundial neste momento crítico da história”, graças à sua experiência em países em desenvolvimento.

O Banco Mundial, criado em 1944, tem como objetivo fornecer empréstimos para países de baixa e média renda, ONGs e grupos ambientais, a fim de estimular o desenvolvimento. No entanto, o histórico de críticas de Banga à indústria de criptomoedas pode ser um obstáculo em sua nova posição, uma vez que o setor tem ganhado cada vez mais atenção e espaço na economia mundial.

Em 2018, Banga chegou a chamar as criptomoedas de “lixo”, criticando sua volatilidade de preços e a necessidade de minerá-las. Em 2020, o executivo voltou a negar que o Bitcoin ajudaria a “bancar os sem-banco”, citando novamente a flutuação do preço de mercado. Resta saber como ele lidará com as criptomoedas em sua nova posição e se suas opiniões podem influenciar a atuação do Banco Mundial no setor.

Banco Mundial vs El Salvador

Apesar da oposição do novo presidente do Banco Mundial às criptomoedas, El Salvador continua impulsionando a adoção do Bitcoin

Embora Ajay Banga, o recém-nomeado presidente do Banco Mundial, tenha repetidamente expressado sua oposição à adoção do Bitcoin ao lado do FMI, o presidente de El Salvador, Nayib Bukele, continua a impulsionar a adoção do Bitcoin em seu país.

Banga já negou oferecer suporte a El Salvador e à República Centro-Africana depois que ambos adotaram o Bitcoin como moeda legal, mas isso não impediu Bukele de avançar com seus planos.

El Salvador já arranjou a possibilidade de arrecadar dinheiro por meio de “Bitcoin bonds” para comprar Bitcoin e construir a ambiciosa Bitcoin City.

Em novembro de 2021, Bukele argumentou que o Ocidente acabará por fazer a transição do Banco Central para um modelo mais descentralizado, ao mesmo tempo em que criticou instituições como o Banco Mundial por espalharem notícias negativas sobre os planos de El Salvador.

Embora a visão de Banga sobre as criptomoedas seja diferente da de Bukele, ainda é incerto como o novo presidente do Banco Mundial lidará com a adoção de criptomoedas pelos países em desenvolvimento.

Com o mundo em constante mudança e a tecnologia evoluindo rapidamente, será interessante ver como as políticas do Banco Mundial se adaptarão a essas mudanças e como os países de baixa e média renda serão afetados por essas políticas.

Comentários

Regras de uso dos comentários:

  • Comentários de novos usuários serão liberados apenas manualmente em até 24 horas.
  • Usuários já registrados, poderão enviar comentários automaticamente.
  • Não é permitido ofensas, racismo, palavrões ou qualquer tipo de conduta imprópria.
  • Não é permitido envio de links externos.
Seguir
Me notifique quando
guest
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários