Tesla deixa de lucrar US$ 500 milhões em Bitcoin

Tesla teria lucrado mais US$ 500 milhões caso não fosse mão de alface e esperasse para vender seus Bitcoins; lucro atual é de US$ 108 milhões.

Conteúdo

A Tesla, montadora de carros elétricos liderada por Elon Musk, teria lucrado mais US$ 500 milhões se tivesse esperado até hoje para vender seu Bitcoin.

Apesar das vendas realizadas anteriormente, o lucro líquido atual é de cerca de US$ 108 milhões.

Análise das vendas de Bitcoin da Tesla e projeção de liquidação futura

O preço do Bitcoin ([LINKBTC]) apresentou crescimento de mais de 50% desde que a Tesla revelou a venda de aproximadamente US$ 1 bilhão em BTC em julho de 2022.

Se a empresa tivesse esperado até hoje para efetuar a venda, seu lucro seria de mais US$ 500 milhões. A Tesla, no entanto, despejou quase US$ 936 milhões de suas reservas totais de Bitcoin no 2º trimestre de 2022, garantindo um lucro de US$ 64 milhões.

Na época, a criptomoeda estava sendo negociada cerca de 70% abaixo de seu recorde de US$ 69.000 em novembro de 2021.

Tesla chegou a ter US$ 1,5 bilhão em bitcoin

A Tesla adquiriu originalmente US$ 1,5 bilhão em Bitcoin em fevereiro de 2021, com um preço médio de US$ 36.000. Posteriormente, a montadora vendeu US$ 272 milhões em BTC no 1º trimestre de 2021, aumentando sua contabilidade em US$ 101 milhões.

Atualmente, a empresa possui 10.725 BTC no valor de cerca de US$ 330 milhões, aproximadamente 15% abaixo do valor de aquisição de fevereiro de 2021.

As vendas anteriores de Bitcoin da Tesla ocorreram durante períodos de fluxos de caixa livre mais fracos, sugerindo que Elon Musk via a criptomoeda como um refúgio durante as fases de crise de caixa da empresa.

O CEO da Tesla justificou a venda como uma forma de “provar a liquidez do Bitcoin como uma alternativa para manter dinheiro em um balanço patrimonial”.

Analistas de Wall Street estimam que o fluxo de caixa livre da Tesla no 1º trimestre de 2023 possa ser de quase US$ 2 bilhões, um aumento de 40% em relação ao trimestre anterior.

Isso indica uma menor probabilidade de a empresa liquidar quantidades significativas de Bitcoin no curto prazo.

A estratégia da Tesla em relação ao Bitcoin demonstra a percepção do ativo como uma alternativa viável de investimento, mesmo que as vendas anteriores possam ter ocorrido em momentos financeiramente desfavoráveis.

Número de milionários de Bitcoin triplica em cinco meses

O mercado de Bitcoin viveu um período de alta nos últimos cinco meses, dobrando seu valor e, consequentemente, levando a um aumento expressivo no número de milionários de Bitcoin.

Segundo dados da BitInfoChart reportados pelo portal Livecoins, o número de investidores com mais de US$ 1 milhão em Bitcoin em suas carteiras triplicou, passando de 23.351 em novembro de 2022 para 74.246 atualmente.

Um dos fatores que podem ter contribuído para esse aumento é a paciência dos investidores.

Dados on-chain mostram que mais da metade dos investidores não moveu seus bitcoins nos últimos dois anos, mesmo diante do mercado de baixa.

Além dos milionários de Bitcoin, investidores menores também estão aproveitando a alta da criptomoeda.

O número de carteiras com saldo entre 1 e 10 BTC aumentou de 771.011 para 837.824, enquanto endereços com saldo entre 10 e 100 BTC saltaram de 135.061 para 139.945.

O número de carteiras com saldo superior a US$ 10 milhões também teve um aumento de 53% no mesmo período. Vale ressaltar que muitos destes endereços pertencem a corretoras.

Comentários

Regras de uso dos comentários:

  • Comentários de novos usuários serão liberados apenas manualmente em até 24 horas.
  • Usuários já registrados, poderão enviar comentários automaticamente.
  • Não é permitido ofensas, racismo, palavrões ou qualquer tipo de conduta imprópria.
  • Não é permitido envio de links externos.
Seguir
Me notifique quando
guest
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários